Quem Somos?

Um novo sistema, um novo horizonte
O SEG foi criado com a proposta de construção de um sistema educacional sólido, com um padrão de qualidade focado na educação.
Escolha a sua futura posição profissional e prepare-se com o SEG Concursos. Em breve, celebraremos juntos a sua próxima conquista!

Fale Conosco
Nossos Cursos

Os cursos preparatórios do SEG Concursos são estrategicamente desenvolvidos para estimular a sua capacidade de solucionar questões e identificar temas de maior incidência nas provas.
Oferecemos vídeo aulas e material didático exclusivo que, combinada com a sua disciplina para os estudos, irão potencializar a sua capacidade de aprovação.

Fale Conosco

11 informações que você precisa saber sobre cursos técnicos

Escolher o curso que irá garantir a sua nova profissão é certamente um momento cercado de grandes dúvidas e expectativas. Muitos elementos devem ser analisados ao se realizar esta escolha, pois trata-se de uma decisão que poderá influenciar toda uma vida profissional futura.
Para ajudar você com esta análise, preparamos uma lista com as 11 principais dúvidas dos alunos que vem até o SEG buscar um curso técnico. Provavelmente, algumas destas questões também já tenham sido levantadas por você.

1. Cursos técnicos são reconhecidos pelo MEC? 
Uma das dúvidas mais frequentes dos estudantes, o reconhecimento dos cursos técnicos, ainda causa confusão em muitas pessoas. Por tratar-se de educação básica, o ensino técnico passa pela avaliação e aprovação dos Conselhos Estaduais de Educação (no Rio Grande do Sul, o CEED/RS) e não pelo MEC, que é o órgão responsável pela educação superior.
Para que possa iniciar sua oferta ao mercado, cada curso técnico é criteriosamente avaliado pelo Conselho Estadual de Educação do respectivo estado e, cumprindo todos os requisitos necessários, é liberado para iniciar a operação. No SEG, todos os cursos técnicos possuem autorização do CEED/RS, conforme pode ser conferido fazendo o download da lista disponível neste link.
Para fazer a consulta, verifique a cidade em que deseja estudar e procure pelo nome da escola vinculada ao SEG nesta cidade, conforme relação abaixo:

> Em Porto Alegre:
  • Escola Técnica Cecília Meireles - SEG
> Em Santa Maria:
  • Escola Técnica Albert Einstein - SEG
  • Colégio Gandhi - SEG
> Em Caxias do Sul:
  • Escola de Educação Profissional São Francisco - SEG
> Em Santa Rosa:
  • Escola de Educação Profissional Santa Rosa - SEG
> Em Ijuí:
  • Escola Técnica Ijuí - SEG
> Em Cruz Alta:
  • Escola Técnica Erico Verissimo - SEG
> Em São Luiz Gonzaga:
  • Escola Técnica José Gomes - SEG
> Em Santiago:
  • Escola Técnica Caio Fernando Abreu - SEG

2. Ainda não terminei o ensino médio. Posso fazer um curso técnico? 
Sim, há diversos cursos técnicos que podem ser feitos por quem ainda não concluiu o ensino médio. Para isso, basta que o candidato esteja cursando este nível de ensino, assim poderá realizar o curso técnico de forma concomitante.
Para quem ainda não finalizou e também não está matriculado no ensino médio, a opção é retomar os estudos, seja em sua forma tradicional ou na modalidade Ensino Médio EJA - Educação de Jovens e Adultos, disponível em diversas cidades do SEG, que permite que o aluno realize apenas os componentes que estão faltando.
Contudo, algumas opções de ensino técnico estão disponíveis apenas para quem já completou o ensino médio, como é o caso do Curso Técnico em Radiologia.

3. Posso fazer estágio durante o curso? Em que momento eu posso começar?
O estudante do Ensino Técnico tem a opção de adquirir experiência e prática através dos estágios, sejam eles curriculares ou extracurriculares. Estágios curriculares são aqueles integrados ao programa do curso, obrigatórios, desenvolvidos em momentos estratégicos do processo de ensino para que o aluno possa fixar os conhecimentos e desenvolver ainda mais as habilidades e competências da sua nova profissão.
Já os estágios extracurriculares, não obrigatórios, são realizados de acordo com o interesse e disponibilidade do aluno. Muitas vezes, podem ocorrer desde as primeiras semanas de aula, oferecendo ao estudante um novo panorama da área escolhida e uma grande oportunidade de enriquecer o aprendizado de sala de aula com todos os exemplos práticos que poderá vivenciar.

4. Os estágios de cursos técnicos são remunerados?
Na maioria das vezes, os estágios extracurriculares de cursos Técnicos são remunerados. As empresas e instituições que recebem o aluno para estágio disponibilizam uma bolsa-auxílio para contribuir com as despesas gerais dos estudantes. Em muitos casos, a própria bolsa-auxílio ajuda o aluno a realizar o pagamento do curso, em casos como o da aluna Jaqueline.

5. Ao realizar um curso técnico posso me inscrever em um conselho profissional?
Muitos conselhos profissionais possibilitam ao profissional formado em Curso Técnico a obtenção de um registro e de suporte de sua respectiva entidade no exercício da profissão. Alguns exemplos são o COREN (Técnicos em Enfermagem), o CREA (Técnicos em Segurança do Trabalho), o CRA ou o CRTR-6, entre outros. Para se inscrever, o profissional deverá procurar o seu respectivo conselho regional, após a conclusão do curso, para apresentação de documentos e solicitação da inscrição.

6. Posso fazer concursos após terminar o ensino técnico?
Sim, ao concluir o curso Técnico o profissional pode prestar concursos de nível Técnico para a sua área de atuação, ampliando ainda mais suas oportunidades profissionais. É bastante comum a oferta de vagas para técnicos das mais diversas áreas em concursos de municípios, órgãos públicos e diversas outras instituições.

7. Quanto ganha um profissional técnico?
A remuneração do profissional técnico varia bastante, principalmente em função do curso em que é formado, da área e local de trabalho e também da seu nível de experiência e evolução profissional. Confira abaixo as médias salariais nacionais de algumas áreas técnicas, de acordo com uma pesquisa salarial elaborada pelo Portal de Empregos Catho:
  • Técnico em Enfermagem: R$ 1.782,87
  • Técnico em Radiologia: R$ 1.800,24
  • Técnico em Estética: R$ 1.116,24
  • Técnico em Segurança do Trabalho: R$ 2.645,47
  • Técnico em Massoterapia: R$ 1.142,04
  • Técnico em Administração: R$ 1.834,74
  • Técnico em Contabilidade: R$ 1.856,36
  • Técnico em Análises Clínicas: R$ 1.407,14
  • Técnico em Química: R$ 1.841,64
  • Técnico em Óptica: R$ 1.413,79
  • Técnico em Farmácia: R$ 1.889,25

8. Depois de fazer um curso técnico, posso trabalhar como autônomo ou abrir o meu próprio negócio?
Sim, dependendo da área que o profissional escolheu, após realizar o curso técnico o profissional estará apto a abrir seu próprio negócio ou trabalhar como autônomo. Cursos como o Técnico em Estética orientam o aluno sobre questões de empreendedorismo, assim como Técnico em Administração aborda a opção de atuar com consultoria de empresas. Já cursos como o Técnico em Massoterapia abordam a autonomia do profissional e a flexibilidade de jornada de trabalho, questões também presentes para o Técnico em Enfermagem que busca atuar no formato home care.

9. Os estágios são obrigatórios ou são opcionais para finalizar o curso?
Diversos cursos possuem estágios obrigatórios para a conclusão do ensino técnico, como é o caso de Enfermagem, Radiologia, Segurança do Trabalho, Óptica, Estética, Massoterapia, entre outros. Nestes casos, o programa de ensino do curso já prevê os momentos mais adequados para o aluno colocar em prática conteúdo aprendido em sala de aula.
Também há opções de cursos que não apresentam a obrigatoriedade de estágios, como ocorre com Administração, Contabilidade e Informática. Nestas formações, o aluno pode optar pela realização de estágios extracurriculares, de acordo com o seu interesse e disponibilidade, pois são cursos com uma ampla oferta de vagas no mercado.
O SEG possui uma rede de instituições conveniadas para o encaminhamento de alunos aos estágios curriculares obrigatórios. Caso seja do interesse do estudante, ele pode procurar um estágio extracurricular durante o curso. Frequentemente, diversas empresas enviam estas oportunidades de vagas para o SEG, que as divulga no interior das escolas e também na página do SEG no Facebook.

10. Trabalho durante todo o dia. Posso fazer o meu curso à noite, ou ir à escola somente aos sábados?
No SEG, o aluno tem sempre muitas alternativas de turmas, em diferentes turnos: há opções com aulas pela manhã, tarde ou noite. A frequência de encontros por semana também varia de acordo com o curso escolhido, ocorrendo em média 2 ou 3 aulas semanais.
Quem não tem tempo durante a semana, ou prefere estudar somente aos finais de semana, pode aproveitar as turmas com aulas apenas aos sábados. Esta é também uma opção bastante utilizada por estudantes que não residem na cidade sede das escolas, e necessitam deslocar-se por distâncias mais longas.

11. Se eu não gostar do curso, ou não me adaptar às áreas, posso trocar por outro?
Caso o estudante não se adapte ao curso escolhido, poderá realizar a troca por outro curso disponível na escola do SEG em que está matriculado. Contudo, o estudante deverá entrar em contato com o setor de atendimento para verificar as disponibilidades de turmas e horários, assim como realizar os demais procedimentos necessários.

Acesso rápido

Últimas Notícias

    Enade 2018: Estudantes do curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos participarão do exame deste ano Em 08 de Junho de 2018 / Por SEG Leia mais
    Estudantes participam de palestra na Semana Acadêmica da Faculdade SEG em Porto Alegre-RS Em 06 de Junho de 2018 / Por SEG Leia mais
    Sem comodismo: Conheça a trajetória de crescimento profissional do Técnico Jonatar Em 06 de Junho de 2018 / Por SEG Leia mais
    11 informações que você precisa saber sobre cursos técnicos Em 03 de Maio de 2018 / Por SEG Leia mais